O passo a passo para casar

Você escolheu o homem da sua vida, já não tem dúvida de que vocês foram feitos um para o outro… Para completar a felicidade, ele te pediu em casamento. A partir daí, é hora de começar a organizar a cerimônia e a festa. De agora em diante, você acompanha uma série de reportagens aqui no Nós Mulheres. Hoje, começamos com uma ideia geral do que é o casamento e toda semana será abordado um dos temas desse roteiro abaixo.

Nesse primeiro momento, você justamente vai precisar de um especialista: procure alguém sério e com boas referências. A cerimonialista Jane Alves explica, em ordem, como se deve pensar no evento. E não se esqueça, falaremos de cada um deles mais detalhadamente daqui pra frente.

1º A lista

Essa deve ser a primeira coisa a ser pensada. Isso porque ela vai dimensionar todo restante, a igreja, o buffet, os lugares, as mesas. E é provável que ao longo do tempo a lista mude, mas o ideal é que essa alteração seja a menor possível para não atrapalhar as quantidades calculadas desde o início. Fica a critério dos noivos em fazer um casamento mais abrangente ou menos, depende do orçamento e do que eles querem na cerimônia.

 2º Definição da data

Existem dois tipos de casamento, aqueles que são programados muito tempo antes (dois anos) e os que são feitos em menos de um ano. Nesse caso, é importante lembrar que quanto mais tempo melhor para preparar e também para o orçamento já que você pode ir pagando tudo em parcelas.

 3º Espaço

Hoje em dia, há muitas possibilidades. Tem muita gente que prefere realizar a cerimônia no mesmo lugar onde será a festa. Então, nesse terceiro momento é preciso escolher um buffet, um sítio, um salão, uma igreja, ou seja, os lugares ou o lugar que os noivos desejam.

 4º Decoração

Deve-se tomar muito cuidado com a decisão de como será a decoração. Hoje em dia muita gente com a internet muda de ideia a cada dia, isso pode acontecer no começo  (e deve, já que a noiva pode fazer do jeito que ela realmente sonhou), mas é um pouco perigoso, pois depois que está decidida a decoração ela deve ser esquecida. Já vi muita noiva gastar o dobro porque de última hora quis mudar tudo.





5º Fotógrafo

O cerimonialista que estiver orientando o casamento deve apresentar os trabalhos para que o casal escolha qual fotógrafo combina com o perfil da festa. O álbum e o vídeo são as lembranças que ficam do dia do casamento. Por isso, a escolha tem de ser muito bem pensada. A dica é apreciar bastante sobre cada trabalho.

6º Vestido

Para algumas noivas que são decididas e já sabem o que querem o vestido de noiva não é um problema. Não precisa ser um ponto dificultoso. Os cerimonialistas são contratados de diferentes formas, se estiver incluso o vestido, ele sugere e visita diferentes lugares até que a noiva encontre o seu modelo.

7º Convites, contratações de bebidas, DJs e doces

As bebidas e comidas podem ser programadas paralelamente às ações anteriores, mas também num momento de mais decisão. Onde o casal já realmente sabe o que vai querer dessa grande festa. 120 dias antes do casamento é o suficiente para mandar os convites para a gráfica e começar o processo de entrega. Muita gente hoje já começa a criar uma unidade no convite e as mesmas características são os moldes da festa. Então, eles não são pensados separadamente. Pelo contrário. O ideal é saber como será a festa para criar o convite.  É bom já reservar a data para o DJ e contratá-lo.

8º Roupa do noivo

De tudo, isso é o mais simples. Exceto se o noivo é muito metódico. Geralmente esse é um passo que fica para perto do casamento. Não é necessário fazer com muito tempo de antecedência. Alguns preferem comprar os ternos nos lugares que estão acostumados e isso facilita muito.

9º Detalhes mais do que importantes

As lembrancinhas, opções de música, bandas,  bolo, aliança, casamentos temáticos e personalizados… Tudo isso entra nos detalhes, depois que a estrutura da festa já estiver montada. E a partir daí, você pode finalmente dar uma “cara” para o seu casamento

10º Como deve ser o dia do casório

Nesse dia tudo tem de sair perfeito. A preocupação com o casamento tem de existir antes dessa data. A partir daí, vocês devem se divertir e deixar a festa rolar. É preciso confiar no cerimonialista que sabe bem o que fazer na hora do evento.

Observação:

A cerimonialista Jane Alves estipula um preço mínimo para um casamento de bom gosto: R$ 30.000. E complementa dizendo que para o valor máximo: “O céu é o limite”. Por isso, tome cuidado para nada sair do seu controle!