marca-melissa-tera-200-lojas-em-5-anos

A gaúcha Grendene, pretende abrir 200 lojas de sua marca mais cara, a Melissa, em até cinco anos, segundo Francisco Schmitt, diretor de relações com investidores, em entrevista ao Valor Econômico.

.
Para começar a incursão no varejo, foi firmado um acordo com a rede Jelly, que possui 42 lojas e vende exclusivamente calçados Melissa, porém de forma independente da Grandene, que agora passa a ser franqueadora da loja.
.

Só em 2011, a Jelly vendeu 620 mil pares do sapato Melissae segundo Schmitt se atingir as200 lojas exclusivas em cinco anos, é provável que o varejo de Melissa fique maior que o canal atacadista.

marca-melissa-tera-200-lojas-em-5-anos-2

 

O objetivo da marca, entrando no varejo, é se aproximar das consumidoras finais e com isso afinar os lançamentos ao que as clientes aspiram.
.

Embora as vendas de Melissa sejam bem menores que os 107 milhões de pares vendidos no total, ano passado, o ticket médio da marca é de R$ 115, bem maior que a média de R$ 35 de todas as outras marcas juntas.
.
Pertencem também à Grendene as marcas Rider, Ipanema, Grendha, Ilhabela e Grendene Kids.
.

A Grendene registrou lucro líquido de R$ 59,5 milhões, alta de 61,4% sobre o período equivalente em 2011. A receita líquida,de R$ 330,5 milhões é 35,2% superior, considerando o mesmo intervalo de tempo.
.
As classes C e D, beneficiadas por aumentos do salário mínimo, têm contribuído mais para esses resultados.
.

Informações – Meio &Mensagem