Mandamentos para uma boa convivência com idosos
Paciência, carinho, amor e dedicação são atitudes e sentimentos que se praticados desde já, transformam-se em um estilo de vida e isto acaba sendo transmitido de geração para geração.

Conviver com idosos pode ser um pouco difícil para algumas pessoas, mas sempre é necessário que esta convivência seja a melhor possível.

Listamos algumas dicas para que você saiba como conviver bem com eles, tratando-os da mesma forma que você gostaria de ser tratada ao envelhecer. Vamos conferir?

Mandamentos para uma boa convivência com idosos
[dropcap]1. Tenha paciência[/dropcap]

Quantas vezes nós nos relembramos do passado? Pois bem, isto é comum e mais comum ainda com os idosos. Ouvir histórias por inúmeras vezes ou conviver com algumas manias que eles possam ter com o tempo é normal.

Aprenda a ter paciência com os idosos, saiba ouvir!

[divider]

[dropcap]2. Cuide da saúde[/dropcap]

Levá-lo(a) para uma rotina de exames mensalmente, prezar pela alimentação saudável e condição de vida harmônica é fundamental para que a convivência se estenda por mais alguns anos.

[divider]

[dropcap]3. Converse[/dropcap]

Isolar os idosos só por que há outros interesses, pensamentos e pessoas diferentes ao seu redor é a maior burrada que você pode fazer. Chame-o para conversar, ouça o que ele tem a dizer.

As conversas dos idosos são ricas em conhecimentos e histórias de vida. Tente extrair o melhor desta conversa, fazendo com que este bate-papo se repita e uma amizade flua. Não o exclua do mundo!

[divider]

[dropcap]4. Respeite[/dropcap]

Respeitar é uma das atitudes mais importantes que você deve ter ao conviver com um idoso.

Isto vale não só para com a sua avó ou avô, mas também aos demais idosos ao seu redor. Ceda um lugar para que ele(a) sente-se, tenha educação e saiba acima de tudo compreender a visão daquele que ajudou a construir o mundo que você faz parte.

[divider]

[dropcap]5. Trate com carinho[/dropcap]

Jovens e adultos sabem bem o que é carinho e qual a importância deste sentimento para que a vida flua naturalmente. Assim como as demais gerações, os idosos merecem carinho a todo o momento.

Deixar aquele bilhetinho dizendo o quanto o ama antes de ir trabalhar, preparar as refeições com carinho ou não deixar de dar aquele abraço bem apertado ao vê-lo é essencial para que o afeto aproxime vocês.

[divider]

[dropcap]6. Deixe-o sair da rotina[/dropcap]

A rotina dos idosos não se limita apenas a ficar na frente da televisão o dia inteiro. Faça algo diferente por eles, leve-os para sair, ver o mundo lá fora.

Vale a pena caminhar no parque, tomar um café da tarde na padaria perto de casa, assistir um filme no cinema, entre outras atividades que estimulem a interação do idoso com o lazer.

[divider]

[dropcap]7. Esteja sempre por perto[/dropcap]

Observar o desenvolvimento do idoso nas atividades mais comuns do dia a dia é uma forma de verificar o grau de cuidados que ele necessita.

Com o passar do tempo, muitos idosos ficam dependentes de alguns auxílios para fazer pequenas atividades como comer, andar ou ir ao banheiro.

Estar por perto é o mesmo que ficar atento as necessidades do idoso ao realizar as coisas que para nós são comuns e fáceis de ser executadas. Fique de olho no idoso e tenha cautela, para que ele se sinta bem ao viver sem correr perigos.