Mães que trabalham são mais felizes e passam longe da depressão

Segundo um estudo realizado na Universidade da Carolina do Norte, as mães que trabalham são mais felizes e, além disso, possuem saúde melhor comparada a das donas de casa, correndo menor risco de depressão.

A pesquisa contou com mais de mil mulheres por uma década, sempre acompanhadas de profissionais, mães trabalhadoras e donas de casa foram estudadas para saber qual a influência da carreira na vida da mulher.

O resultado desta pesquisa também mostrou que as mães que trabalham por meio período são mais envolvidas com a qualidade de vida de seus filhos do que as mães que trabalham em tempo integral.

O objetivo da pesquisa é mostrar para as mulheres que as mães que optam por trabalhar, mesmo com o coração doendo em deixar seus filhos em escolinhas ou babás, tem a vida mais saudável e feliz pois além de adquirirem mais conhecimento para suas vidas, elas também tem maior envolvimento familiar, beneficiando o bem-estar materno.

 

 

Por: Jornalismo Nós Mulheres.