Um alerta à saúde foi feito recentemente pela Universidade de Harvard, nos Estados Unidos.
.
Segundo os estudiosos, ingerir bebida com alto teor de açúcar pode estimular a obesidade e além disso outras doenças.
.
Ao analisar os hábitos alimentares de 121 mil mulheres que ingeriam diariamente refrigerante, os pesquisadores chegaram a conclusão de que a bebida pode dobrar as chances de obesidade se comparada a alimentação de uma pessoa que bebe refrigerante uma única vez por mês.
.
Ainda na pesquisa foi ressaltado que o refrigerante tem a capacidade de potencializar o DNA daqueles que já possuem predisposição à obesidade, devido a genética ou a doenças crônicas.
.
Outra pesquisa que também foi divulgada recentemente, feita pelo Hospital Infantil de Boston, revelou que os adolescentes consomem refrigerante excessivamente pela falta de apoio e alternativas saudáveis propostas pelo mercado alimentício.
.
Um adolescente que elimina por um ano o consumo de refrigerantes de sua rotina, por exemplo, pode perder cerca de 1,8Kg em relação a épocas em que consumia sem freios.
.
Além de aumentar as possibilidades da obesidade aparecer, o refrigerante pode acarretar inúmeras doenças como alergias infantis devido ao excesso de corantes, problemas na formação óssea das crianças, inibe a vontade de consumir bebidas saudáveis como água e sucos naturais, enfraquece os ossos, estimula o surgimento da osteoporose, cáries, entre outras doenças.

.
Portanto, o ideal para que a sua saúde não seja prejudicada é que o refrigerante seja eliminado de vez ou aos poucos de sua rotina alimentar.
.
Trocar o refrigerante por sucos e água pode ser uma maneira de prevenir-se contra diversas doenças e manter-se saudável para viver a vida da melhor maneira possível. Pense nisto!

.
Fonte: Bem-estar, Acessa e Unimed Vale do São Francisco.
Por: Jornalismo Nós Mulheres.