Banhos excessivos e roupas apertadas estimulam a infecção urinária

Coceira, corrimentos com coloração e desconforto ao longo do dia, podem ser sinais de que a sua região íntima foi afetada por um dos fungos, Candida, Gardnerella e Trichomonas causando a infecção urinária.
.
Através do corrimento é possível notar se a mulher sofre com algum tipo de infecção urinária, como por exemplo, o fungo Candida que provoca corrimento esbranquiçado.
.
Um sinal de que você pode estar sofrendo com uma infecção urinária devido ao fungo Candida é quando há situações de alto estresse em determinada fase da vida, doença, excesso de calor e umidade. Assim causando as coceiras, corrimentos e desconfortos.
.
Já o fungo Gardnerella, gera corrimento acinzentado com cheiro desagradável. E por último o fungo Trichomonas apresenta-se no corrimento amarelado, com ardor e vermelhidão na vagina.

Banhos excessivos e roupas apertadas estimulam a infecção urinária
O surgimento das infecções nas regiões íntimas deve-se a alguns costumes femininos, como a utilização de roupas muito apertadas e no costume de tomar banho várias vezes ao dia.
.
O excesso de higiene, por exemplo, é considerado um dos fatores que podem causar infecção urinária, assim como o uso de roupas muito justas.
.
Sabe aquela calça skinny? Pois bem, além de fazerem um mal enorme à saúde por serem justíssimas impossibilitando até mesmo o fluxo sanguíneo, roupas apertadas como esse tipo de calça, roupas quentes ou com tecidos sintéticos bloqueiam a transpiração desta região, provocando a proliferação das bactérias.
.
Hábitos que podem ser adquiridos diariamente em prol da prevenção dessas infecções, evitam desconfortos que podem acarretar diversos outros problemas de saúde.

Banhos excessivos e roupas apertadas estimulam a infecção urinária
Uma dica para quem quer ficar livre das infecções genitais é dormir sem calcinha. A peça íntima, se usada diariamente, assim como as calças justas ao corpo, bloqueiam a transpiração, servindo como moradia para as bactérias. Dormir sem calcinha, ajuda a região íntima “respirar”, afastando as possibilidades de infecções mais graves.

 

Banhos excessivos e roupas apertadas estimulam a infecção urinária
Outro hábito que pode gerar estimular as infecções na vagina é feito através do banho excessivo. O indicado para higienização da região intima é no máximo uma vez por dia. Se higienizada mais do que isto, a água e o sabão podem diminuir a proteção que este local possui, dando espaço aos fungos.
.
Além disso, os cuidados são prolongados também nos períodos menstruais, em que a troca dos absorventes é importantíssima para que fungos não se proliferem pela falta de higienização. A cada duas horas o absorvente deve ser trocado, evitando qualquer tipo de transtorno que as infecções causam à saúde feminina.
.
Cuide da sua saúde intima, visitando regularmente um ginecologista e tirando todas as dúvidas sobre doenças comuns como a infecção urinária.

.
Fonte: Bem-estar.
Por: Jornalismo Nós Mulheres.