Aprenda a escolher a babá certa para os seus filhos
Uma nova oportunidade profissional surgiu, porém o medo de deixar os filhos com uma babá é tão grande que acaba deixando-a indecisa se opta pelo sucesso profissional ou a segurança dos seus filhos? Calma!

Essa dúvida passou a ser comum entre a mente feminina, já que as mulheres agora tendem a se multiplicar para dominar as habilidades na carreira, os cuidados com os filhos e os demais afazeres que envolvem a vida da mulher moderna.

Estar com dúvidas sobre contratar ou não uma babá é comum entre os pais de primeira viagem ou aqueles que já estão acostumados a cuidar dos filhos.

A contratação de uma babá nos dias de hoje tornou-se natural, porém o medo de entregar algumas responsabilidades e deveres com os filhos para outra pessoa cresceu demasiadamente nos últimos tempos, graças às ocorrências e alertas na mídia sobre os maus tratos com as crianças.

Segundo uma pesquisa levantada pela revista Crescer e executada pela agência Kaguruh, uma das líderes em agenciar babás no Brasil, entre os 6 mil casos apurados de babás 15% tinham antecedentes criminais e 28% deram informações falsas aos pais.
Portanto, todo cuidado é pouco durante a contratação da babá.

Para entender melhor quais atitudes os pais devem tomar ao selecionar uma babá, conversamos com a diretora da agência Encantar Domésticas, Renata Marques, que atua no país contratando profissionais para ajudar os pais a selecionar a melhor babá.

O resumo deste bate papo, importantíssimo para as famílias, você confere abaixo.

Informe-se conosco e faça a escolha certa para o seu filho:

 

PRIMEIROS PASSOS PARA A ESCOLHA DA BABÁ:

Aprenda a escolher a babá certa para os seus filhos

Nós Mulheres – Com quantos anos é recomendável uma criança ser monitorada por uma babá?

Renata Marques – Desde que a mãe está gestante, para que a babá e a criança já criem um convívio e é mais fácil da criança se adaptar.

Nós Mulheres – Quais os primeiros passos para a contratação de uma babá?

Renata Marques – Os primeiros passos para os pais encontrar uma babá ideal é:

[dropcap]1.[/dropcap] Procurar uma agência de empregos que faz essa parte de recrutamento e seleção.

[dropcap]2.[/dropcap] Passar o perfil da profissional que deseja (quero que ela tem experiência, quer que tenha algum curso) para a agência;

E por fim a agência pesquisa as profissionais e encaminha o contato para que os pais agendem e executem uma entrevista com elas.

Nós Mulheres – Geralmente qual a faixa de custo de uma babá?

Renata Marques – R$300,00 para uma criança para o final semana – a folguista;

R$1.400,00 acima, para seg. a sexta – babá normal.

Depende do perfil que os pais exigem, pois o preço varia.

[divider]

 

Nós Mulheres – Como funciona o trabalho da babá folguista?

Renata Marques – Geralmente ela começa a trabalhar na sexta-feira por volta das 18hrs e volta na segunda-feira de manhã. Ou seja, ela repõe o serviço da babá comum para que ela descanse.

[divider]

 

ANALISANDO A CANDIDATA:

 

Nós Mulheres – Existe uma idade mínima e recomendável para que uma mulher seja babá?

Renata Marques – O perfil que nós indicamos é a partir dos 27 até os 55 anos.

Esse critério com a faixa etária ocorre, pois muitas mulheres querem ser babás apenas para conseguir o primeiro salário e logo depois mudam de área. Ou seja, elas não se interessam apenas desejam um primeiro emprego, uma experiência.

 

Nós Mulheres – Quais são os critérios que os pais devem levar em conta ao analisar uma candidata à babá?

Renata Marques – É recomendável que durante a entrevista os pais notem como elas se comportam, como elas dialogam, se ela é paciente.

Perguntem também qual a referência do antigo patrão. Sempre é bom ser checado este tipo de informação para saber como ela tratava as crianças que ela já cuidou, se era intolerante ou não sabe ouvir os patrões.

 

Nós Mulheres – Como os pais podem agir para conhecer melhor o passado profissional e comportamental da babá?

Renata Marques – A agência se cerca disto, ela liga e pergunta. Mas se os pais quiserem checar, a agência disponibiliza os telefones para os pais mesmo checarem.

[divider]

 

MONITORANDO O TRABALHO DA BABÁ:

 

Nós Mulheres – De que forma os pais podem monitorar o trabalho da babá?

Renata Marques – O recomendável é colocar uma câmera em casa ou então instalar babá eletrônica que grava.

Aprenda a escolher a babá certa para os seus filhos

Nós Mulheres – Como os pais podem verificar se a convivência entre a criança e a babá é boa?

Renata Marques – Os pais podem analisar o humor da criança, se mudou ou não. Se a babá está alimentando corretamente, como está o sono da criança. Checando sempre se houve alguma alteração na rotina comum estabelecida no lar.

Isso tudo é muito importante, afinal existem babás que são folgadas e modificam o horário da criança dormir, por exemplo, para aproveitar o tempo livre na frente da televisão.

 

Nós Mulheres – Como os pais podem fazer para que a babá sinta-se à vontade para contar sobre todo o período com a criança?

Renata Marques – Você pode bonificar a funcionária com dinheiro, nem que seja uma cesta básica, uma folga, um dia para ela sair um pouco mais cedo é o ideal. Deve haver um acordo entre as funcionárias e os patrões.

Devemos entender que a babá não é uma escrava, para que a profissional não fique desmotivada, estressada.

Portanto, motiva-la conforme o desempenho que ela tiver no emprego é uma boa forma de fazer com que esta relação, que chamamos de casamento entre patrões e funcionária, haja para o bem estar da criança.

 

Nós Mulheres – Nos primeiros dias quais atitudes os pais devem tomar para que as regras e as solicitações sejam claras e executadas pela babá?

Renata Marques – O recomendável é que os pais comuniquem as formas de alimentação, qual o tipo de alimentação que a família prefere, quais são as indicações que o pediatra receitou à criança, se a criança tem refluxos ou não, como a pessoa gosta que mantém o quarto, como gosta que passe a roupa.

Se os pais não falam no principio, a babá irá fazer como de costume no serviço anterior. Portanto, diga suas preferências o quanto antes para a profissional.

 

Fonte:  Revista Crescer / Renata Marques – Diretora da Agência Encantar Domésticas – www.encantardomesticas.com.br – (11) 4113-7262.